Cânion Colca: Um passeio que Valle!

Muito além das heranças incas, encontramos no Peru uma outra atração que fascina seus visitantes. O Cânion Colca é o terceiro destino mais visitado do país, chega a ser mais profundo que o Grand Canyon (EUA) e fica localizado a 160 km de Arequipa, a segunda maior cidade do Peru. Além de toda sua beleza geográfica e natural, as pessoas procuram essa atração na esperança de ver sobrevoo dos condores, que acontece entre 9h e 10h da manhã se perdendo entre a imensidão das montanhas e profundezas do céu.

Confessamos que foi um passeio que não estávamos esperando muito, pensamos, inclusive, em buscar outra opção ao chegar na cidade, mas não tem jeito, quem visita Arequipa, tem o Cânion Colca ou, também conhecido, Valle del Colaca, como parada obrigatória.

Existe três opções de realizar esse passeio por agências: sendo o tour de um dia, dois dias ou três dias. Escolhemos fazer apenas de um dia, bate e volta, até por conta de toda nossa logística de viagem. Pé na estrada?

DCIM103GOPRO
*Essa é uma das belas vistas que vimos pelo caminho…

TOUR DE 2 DIAS E 1 NOITE

Dizem que é a melhor opção, pois acaba sendo menos cansativa e uma chance de conhecer um pouco mais das redondezas e povoados. Neste caso, a agência segue o seguinte itinerário:

Dia 01: Saída do hotel às 03:30 da manhã, após três horas de viagem, chega-se em Chivay para o café da manhã (incluso) e depois segue caminho para Cruz del Condor, que é aonde paramos para ver o voo do Condor, fica-se 50 minutos e depois parte para a vila de San Juan de Chuchuco, onde se inicia um tracking de aproximadamente 3 horas. Pausa-se para almoço e após o mesmo, continua a caminhada pelos vilarejos próximos ao Cânion – Cosnirhua e Malata – onde é possível encontrar diversas frutas e pomares. A jornada continua seguindo caminho para Oasis Sangalle, onde é possível descansar e passar a tarde se refrescando em uma piscina de 20º; por fim, janta-se na região e hospeda-se.

Dia 02: O segundo dia começa às 5h da manhã com uma trecking de 3 horas do Oasis Sangalle até Cabanaconde, onde toma-se o café da manhã e pega-se o ônibus com destino Chivey. No caminho são feitas duas paradas: Antahuilque Viewpoint, onde é possível ver um panorama geral dos vilarejos ao redor do Colca e; Maca, uma cidadezinha que vemos igreja colonial, artesanatos e águias domesticadas para tirar foto. Depois, pausa para almoço em Chivay e no meio do caminho uma pausa em Patapamba, onde é possível ver os os que cercam Arequipa, bem com algumas cordilheiras e por fim, uma parada em uma reserva cheia de lhamas e alpacas. Estima-se chegar em Arequipa por volta de 5h:30 da tarde.

TOUR DE 3 DIAS e 2 NOITES 

Dia 01: Roteiro bem próximo do anterior. Saída do hotel às 03:30 da manhã, após três horas de viagem, chega-se em Chivay para o café da manhã (incluso) e depois segue caminho para Cruz del Condor, que é aonde paramos para ver o voo do Condor, fica-se 50 minutos e depois parte para a vila de San Juan de Chuchuco, onde se inicia um tracking de aproximadamente 3 horas pelo rio Colca e atravessando a ponte suspensa. Após a chegada, almoça-se e aproveita para conhecer um pouco mais sobre as plantas medicinais da área. Por lá é onde se jantar e hospeda-se em casas de famílias locais.

Dia 02: Após o café da manhã começa a caminhada pelos vilarejos próximos ao Cânion – Cosnirhua e Malata – onde é possível encontrar diversas frutas e pomares. E se aproveita o Oasis Sangalle, onde se passa o dia, aproveitando as piscinas aquecidas. Janta-se e dorme por lá.

Dia 03: O terceiro dia começa às 5h da manhã com uma trecking de 3 horas do Oasis Sangalle até Cabanaconde, onde toma-se o café da manhã e pega-se o ônibus com destino Chivey. No caminho são feitas duas paradas: Antahuilque Viewpoint, onde é possível ver um panorama geral dos vilarejos ao redor do Colca e; Maca, uma cidadezinha que vemos igreja colonial, artesanatos e águias domesticadas para tirar foto. Depois, pausa para almoço e depois um banho relaxante e quente ao redor do rio Colca, por uma hora. terminado, volta-se para Arequipa onde faz-se as duas paradas: Patapamba, onde é possível ver os três vulcões que cercam Arequipa e por fim, a parada em uma reserva cheia de lhas e alpacas. Estima-se chegar em Arequipa por volta de 5h:30 da tarde.

TOUR DE 1 DIA – NOSSA ESCOLHA

IMG_4006

Foi o que optamos fazer, devido a nossa logística. Escolher mais de um dia comprometeria muito nosso roteiro (confira aqui):

Itinerário: Saída do hotel às 03:30 da manhã, após três horas de viagem, chega-se em Chivay para o café da manhã (incluso) e depois segue-se caminho para Cruz del Condor, que é aonde paramos para ver o voo do Condor, fica-se 50 minutos e depois fomos até San Juan, onde fizemos uma parada de uns 30 minutos para apreciar a vista de todo vilarejo e o Cânion. Pausa-se para almoço, depois seguimos para onde as pessoas podiam tomar banho em águas quentes (Yanke), porém, não levamos roupa e ficamos apenas lá esperando e andando pelo local. Retornando faz-se as duas paradas: Patapamba, onde é possível ver os vulcões que cercam Arequipa,bem com algumas cordilheiras e por fim, a para-se em uma reserva cheia de lhamas e alpacas.Chegamos em Arequipa por volta de 18h.

 

O QUE ACHAMOS? 

Sinceramente, olhando os três roteiros, a diferença entre eles é pouca. Para saber qual é o melhor para você, basta ver se além do tempo hábil, vocês tem o perfil, pois precisa gostar de trackings e aventuras. Nós ficamos bem satisfeitos com o tour de um único dia, achamos o passeio cheios de atrativos e a vista é de tirar o fôlego. Embora seja realmente cansativo, até mesmo pela distância da cidade ao Cânion, super vale a pena, já da pra ter uma noção boa de como é o local, conhecer um pouco dos vilarejos e vimos os condores voando, lindo demais, todos param para prestar atenção, filmar, tirar fotos.

20160620_000841000_iOS

Informações Adicionais

  • Compramos o passeio na agência assim que chegamos lá, não precisa comprar com antecedência.
  • Custou 80 soles por pessoa + 40 soles do Parque Nacional (Cânion).
  • Optamos por pagar o almoço na agência e pagamos 20 soles para buffet liberado.
  • Fomos em junho, portanto, inverno peruano. Na parte de manhã estava um frio absurdo, acredito que seja frio em qualquer época, na verdade, mas a tarde logo fez calor. Leve alguma roupa mais quentinha que possa cobrir nesta parte mais fria e depois que dê para guardar na mochila.
  • Leve protetor solar, óculos de sol, repelente, água e lanches para beliscar no ônibus, ou no decorrer do caminho.
  • E claro, não esqueça a máquina fotográfica, que com certeza você vai querer tirar fotos de tudo!

Quem já foi para lá, escolheu qual tour? Gostou? Conta aqui para gente nos comentários!

Beijos,

Vanessa & Victor.

INSTAGRAM: @vivapelomundo

Anúncios

12 comentários em “Cânion Colca: Um passeio que Valle!

  1. Nossa parece ser um pais lindo, tenho vontade de conhecer..Gostaria de convidar vocês para vim compartilhar seu post com agente em feedhi, é uma plataforma para bloggers que ajuda muito na divulgação do nosso conteúdo..Seria muito bom ter o blog de vocês la com a gente..Qualquer duvida só avisar..Bjuss
    http://www.feedhi.com

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s