Refúgios no Brasil para o Carnaval 2017

Se você é como nós e adora aproveitar os dias off do Carnaval para conhecer um lugar novo e acabar fugindo de toda aquela agitação, separamos para vocês 5 lugares no Brasil que são verdadeiros refúgios para um carnaval mais tranquilo, ótimos para conhecer e turistar mesmo. Se interessou? Então, vamos lá!

Ilha do Mel, Paraná 

sem-titulo
Fonte: sescpr.com.br

Sobre o lugar: A Ilha do Mel fica localizada no município de Paranaguá, a 120km de Curitiba e é um dos pontos turísticos mais importantes do Paraná. Para garantir sua preservação não é permitida a entrada de veículos automotor e tração de animal, sendo permitido, por dia, o máximo de 5.000 pessoas e diversos lugares tem acesso restrito. Prepare-se para conhecer um lugar totalmente voltado à natureza, simples e incrivelmente lindo. É uma ótima opção para quem quer fugir da loucura do carnaval e encontrar um destino mais calmo.


Como chegar: Existem duas maneiras de se chegar à ilha. Uma delas é saindo de Curitiba e pegando a BR-277 com destino a Paranaguá. De lá pega-se uma barca com duração de 2 horas de travessia até a Ilha (existe apenas duas saídas: 09h30 e 15h30). A outra opção é, ao chegar em Paranaguá, ir para o distrito de Ponta do Sul que fica a 10km de distância, lá existe saída de barcas em hora em hora com uma travessia de apenas 30 minutos.


O que fazer: Aproveitar suas praias (Praia de Fora, Praia do Miguel, Praia de Fora das Encantadas, Praia do Farol, Praia Grande, Praia da Fortaleza, Encantadas e Praia do Limoeiro); Visitar o Farol das Conchas; Visitar a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres; Visitar a Gruta das Encantadas; Conhecer a Ilha e Fazer diversas Trilhas.

Gramado & Canela, Rio Grande do Sul 

as
Fonte: sthubertus.com.br

Sobre o lugar: Localizadas na Serra Gaúcha, Gramado e Canela são duas cidades super queridinhas e próximas de Porto Alegre (em torno de 2 horas). Elas são tão próximas entre si, que é impossível visitar uma sem incluir a outra: 7 km é a distância que separa as duas cidades. Dizem que são um destino ótimo para casal e família. São cidades pequenas, mas lindas e cheias de atrativos.


Como chegarPara quem for de ônibus (maneira mais econômica), no próprio aeroporto existe um posto da VEPPO onde é possível comprar a passagem na hora ou já ter comprado pela internet e apenas realizar a troca neste local. Existe também a opção de carro para quem quiser alugar, onde a rota mais rápida é pela BR 116 + RS 239 + RS 115 e a rota mais bonita é pela BR 116 + RS 235. Basta jogar no nosso bom e velho Waze para ter as coordenadas :). E por fim, quem quiser também pode chegar de táxi que é a maneira mais cara, custa em torno de R$ 450.


O que fazer: Andar pelo centro de Gramado (Av Borges Medeiros e Rua Coberta); Visitar o Mini Mundo; Visitar o Lago Negro; Visitar o Reino do Chocolate; Visitar o Mundo a Vapor; Conhecer o centro de Canela; Visitar o Vale da Ferradura; Conhecer o Parque do Caracol; e comer muita comida boa (prepara-se para uma viagem bem gastronômica).

Este ano, inclusive, escolhemos conhecê-las no carnaval, então com certeza vamos fazer diversos posts contando tudo sobre nossa viagem para lá – Aguardem! 🙂 

Ilha Grande, Rio de Janeiro

asss
Fonte: deixadefrescura.com

Sobre o lugar: Refúgio perfeito para quem gosta de natureza e muita praia. Falando em praia, não existe praia feia nesse lugar. A Ilha fica em Angra dos Reis, a mais ou menos 4 horas da cidade do Rio de Janeiro e antigamente servia de presídio, ou seja, além de paisagens belíssimas, possuí com certeza muita história para contar. Para agradar a todos a ilha é dividida em Vila do Abrão, que é mais povoada, tem pousadas, restaurantes etc., e Aventureiro, que é perfeita para pessoas que querem desapegar e acampar, trata-se de um lado com quase nenhuma estrutura. Quem quiser saber mais sobre, já escrevemos um post contando nossa experiência por lá. Confira aqui! 


Como chegarO único jeito de alcançar a ilha é de barco, a partir de Angra dos Reis ou de Mangaratiba, com desembarque na Vila do Abraão. Do Centro de Angra saem, todos os dias, três catamarãs no cais de Santa Luzia (média de preço: R$ 50 ida e volta) e uma barca do cais da Lapa (média de preço: R$ 25). De Mangaratiba parte outra barca (média de preço R$ 25).


O que fazer: Visitar as praias (Lopes Mendes, Cachadaço, Lagoa Azul, Praia do Aventureiro, Saco do Céu, Lagoa Verde, Feiticeira, Abraão, etc) ; Fazer passeio de barco, lancha e/ou escuna; Fazer trilhas (Lopes Mendes, Abraão, Crena, Cachoeira da Feiticeira, etc) ; Mergulhar.

Chapada dos Veadeiros, Goiás 

sem-titulo
Fonte: vivaomundo.com.br

Sobre o lugar: Localizada no ponto mais alto do Planalto Central, é um lugar certo para amantes de muitas cachoeiras, piscinas naturais, cânions, riachos… A fim de preservar toda essa riqueza natural, o governo criou o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, dentro dessa reserva encontramos Alto Paraíso, São Jorge e Cavalcante que são pontos de embarque para quatro trilhas que levam os turistas para lugares lindos como cânions do Rio Preto e da Carioca.


Como chegar: É possível chegar ao destino de três maneiras: De avião, onde o aeroporto mais próximo é o de Brasília, a 229 quilômetro. De carro, vindo de Brasília, acesso pela BR-020 (direção Sobradinho e Planaltina de Goiás) e GO-118. De ônibus, pela empresa Real Expresso que tem ônibus partindo de Brasília em direção a Alto Paraíso.


O que fazer: Visitar o Parque da Chapada dos Veadeiros ; Visita as Cachoeiras (Salto do Rio Preto, Almécegas, Macaquinhos, Cataratas dos Couros, etc) ; Ir no Vale da Lua ; Ver o Encontro das Águas ; Jardim Maytrea ; Morro da Baleira ; Sertão Zen ; Cachoeira do Abismo & Mirante da Janela.

Capitólio, Minas Gerais

sasass
Fonte: folhadomeio.com.br

Sobre o lugar: Um lugar de paisagismo sem-igual, com cânions que chegam a 20 metro de altura, cachoeiras belíssimas e lagos de cor verde-esmeralda, que apelidam a região de Furnas como “Mar de Minas”, pois é, quem foi que disse que Minas não tinha mar? A Usina Hidrelétrica de Furnas fica situada entre as cidades de São José da Barra e S. João Batista do Glória, sendo a 1ª hidrelétrica de grande porte do Brasil. Hoje, o Lago de Furnas atrai navegantes, pescadores e visitantes de todo o mundo para a prática de esportes náuticos e turismo.


Como chegar: Três maneiras para se chegar ao município: partindo de Belo Horizonte fica a 283 km, acesso pela pela MG-050. Pela Viação Gardênia que faz a linha BH x Capitólio e pela Rodoviária de Capitólio.


O que fazer: Visitar a Cachoeira da Lagoa Azul; Fazer Passeio de Barco pela Lagoa de Furnas; Ir no Morro do Chapéu; Fazer a trilha do Sol.

Não deixem de contar para gente quais são os refúgios de vocês no Carnaval!

Até a próxima.

Victor & Vanessa. 

Leia também:
Ibitipoca: chegando na Janela do Céu
Ilha Grande: o paraíso em Vila do Abraão

Anúncios

2 comentários em “Refúgios no Brasil para o Carnaval 2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s