Explorando o melhor de Lima

Quem achou que nossa viagem pelo Peru terminou, está enganado! rs. Aproveitamos bastante esse país de cultura ímpar e com tantos lugares incríveis, mas estava faltando falarmos de sua capital por aqui, não é mesmo?

Optamos por deixar Lima no final de nosso roteiro e separamos três dias para isso! De antemão, podemos dizer que não tivemos uma estada muito boa por lá, pois passamos bem mal, efeito de alguma comida que não nos fez bem, mas deixando essas partes ruins de lado, sim, Lima é uma cidade que merece ser visitada e incluída no roteiro para o Peru.

Três dias são suficientes para explorar os principais roteiros turísticos da cidade, que em nossa opinião, se concentra em Miraflores e no Centro. Ao redor, a cidade não é tão bonita e atrativa, além de sofrer com bastante desigualdade social (bem familiar ao nosso Brasil). Outra coisa bem marcante é o céu, que é completamente cinza e costuma não chover, mas, incrivelmente, antes de embarcarmos para Huaraz, pegamos nosso ônibus em Lima e estava com uma chuva bem fininha que durou durante todo nosso embarque.

Para facilitar o roteiro de vocês, selecionamos os lugares que escolhemos conhecer durante nosso tempo por lá e que, para nós, foram os mais interessantes de conhecer mesmo em pouco tempo.

Conhecendo Miraflores 

Sem dúvidas o ponto principal para quem está pensando em ir para Lima. Miraflores é o bairro mais caro de Lima com ótimos prédios, com o mar de águas do Pacífico e lindos jardins, como se fosse uma zona sul carioca – melhorada – !

Nós pegamos um táxi do nosso hotel até o Shopping Larcomar, que é um lindo shopping a céu aberto. Não é a melhor opção de compras, mas uma boa opção para almoço; nós almoçamos no TGI Friday’s que não tem nada de peruano, mas depois de 13 dias por lá, uma besteirinha americana não faz mal, né? rs. No próprio shopping existem diversos pontos lindos para tirar fotos e acaba sendo um ponto turístico.

shopping-center-larcomar
Fonte: TripAdvisor

De lá seguimos a orla até chegar no Parque do Amor, outro ponto muito procurado pelos turistas, afinal, o parque é muito legal, cheio de cores, onde os bancos tem frases de amor escritas e contempla a marcante estátua “O Beijo” de Victor Delfín que simboliza perfeitamente a ideia do parque, ótima para casais apaixonados passarem um fim de tarde!

Continuando nossa caminhada avistamos um local com diversas pessoas voando de parapente. Mas para quem quiser, prepare o bolso, pois é bem carinho, era em torno de $ 80 por 10 minutos. Bem próximo tem o farol de La Marina, lindo para tirar foto!

> Essa orla é ótima para assistir o pôr-do-sol. Infelizmente não conseguimos, mas todos recomendam bastante visitar no final do dia. 

Visitando o Centro Histórico de Lima

Nossa ida ao Centro Histórico foi bem rápida e objetiva, não tiramos muita parte do dia para desfrutá-lo, e por lá nosso maior interesse era conhecer o Convento de São Francisco. Porém, para quem não quiser fazer como nós, o centro tem diversas atrações muito legais para conhecer, que nós não fomos: Plaza San Martin, Plaza Bolivar, Convento de Santo Domingo e o Museu da Santa Inquisição. 

20160624_150012322_ios

Nossa exploração pela Centro começou na Plaza Mayor ou Plaza de Armas que é o local que a cidade foi fundada e contempla os principais edifícios do país, representando os três poderes do país: Palácio Presidencial, Palácio Municipal e a Catedral.

De lá já seguimos caminho para o Convento de São Francisco, que é bem próximo da Plaza. O caminho até lá estava bem vazio, como estávamos um final de semana, não se via muita gente e diversas lojas estavam fechadas. Nosso maior interesse pelo local, era sem dúvidas a visita às Catacumbas. O local é um complexo formado por três arquiteturas de igreja: Santuario Nuestra Señora de la Soledad, Iglesia del Milagro e San Francisco de Lima e serviu de cemitério durante séculos. O mais interessante é que é um passeio guiado e vamos tendo conhecimento de cada detalhe visto no complexo. Infelizmente não era permitido tirar fotos da visitação.

Assistindo o espetáculo do Circuito Mágico das Águas

Como o próprio nome diz, é realmente um espetáculo de águas, com movimentos, cores e luzes que acabam criando uma verdadeira obra de arte.

É uma atração para todas as idades, onde algumas são apenas para ver e outras são possíveis se molhar! Como fomos no inverno, estava bem frio! Então, se você for em Junho também, leve um ótimo agasalho que você vai precisar. E ah, você pode achar que não é não é nada demais, porém, é altamente surpreendente. Eu mesma não levei muita fé, mas vale a pena. E a entrada é super baratinha, acredito que na época tenha custado uns 4 soles apenas.

Huaca Pucllana: um sítio arqueológico na cidade grande

Diríamos que é uma opção perfeita para quem está em Lima e ainda não teve a oportunidade de conhecer um dos milhares sítios arqueológicos espalhados pelo país. Huaca Pucllana fica localizada no bairro de Miraflores, que para nossa sorte, ficava bem perto do nosso hotel e pudemos fazer uma caminhada até lá.

20160625_162510578_ios

Acredita-se que era um local de sacrifício às mulheres para acalmar as Deusas, consideradas muito violentes na época. Seu processo de restauração ainda não está concluído, projetam-se que sejam necessários pelo menos 30 anos para que isso aconteça, além disso, o sítio representa atualmente apenas um quarteirão, enquanto que pesquisadores dizem que a área deveria ser pelo menos seis vezes maior. Graças a técnica dos livros utilizadas na época (colocar os tijolos lado a lado como se fossem livros, sempre deixando um espaço entre eles) foi possível fazer com que as construções resistissem à terremotos e hoje em dia tivéssemos acessos a essas construções, mesmo que não completamente.

O local é muito interessante, a visita guiada revela a história completa de todo sítio e só nos comprova como é deslumbrante a inteligencia desse povo. A entrada também é baratinha. Quem quiser maiores informações, acesse o site por aqui.

Barranco: o bairro boêmio de Lima

Barranco é aquele ponto fora da curva, quando nos referimos à atração principal de Lima como Miraflores, que apesar de ser mesmo, tem o bairro boêmio na listinha de lugares que merecem ser visitados em Lima com força total.

Conhecido por ser um bairro boêmio, com certeza, Barranco simboliza muito mais que isso. É um lugar singelo, com cores vibrantes, onde antigamente abrigava a alta sociedade no verão peruano, afinal, é conhecido por ser um bairro “pendurado sobre o Pacífico”. Atualmente, o boêmio bairro, atrai turistas com seus diversos bares, restaurantes e hotéis formados por grandes casarões antigos.

20160625_213224186_ios

O bairro também tem sua orla particular banhada pelo Pacífico, uma outra opção para quem quer fugir de locais que costumam lotar no verão, como Miraflores.

20160625_213354366_ios

A Ponte dos Suspiros é outra atração que cai na graça do povo, pois reza a lenda, que se você conseguir atravessá-la toda prendendo a respiração e fazendo um pedido, esse desejo se tornará realidade (E, não, nós não conseguimos hahaha!).

Esses foram os lugares que conhecemos e achamos que é bem interessante de vocês conhecerem também! Já tem post aqui no blog com o roteiro completo da nossa viagem para o Peru, com diversas dicas legais e cada detalhe do que vimos por lá, confira abaixo os links 🙂

Grande beijo,

Victor & Vanessa

Leia também:
Roteiro de Viagem: 16 dias no Peru | Conhecendo Arequipa em um City Tour
Cânion Colca: Um passeio que Valle! | Cusco: explorando o berço Inca
Conheça 4 lagoas incríveis em Huaraz

Anúncios

7 comentários em “Explorando o melhor de Lima

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s