Passo a Passo para planejar uma viagem

As dicas parecem ser óbvias para muita gente, entretanto, tem muitas pessoas que, por diversas vezes, acabam deixando de viajar, por não saberem como organizar sua viagem. Pensando nisso, resolvemos trazer para vocês umas dicas básicas de planejamento de viagem, que usamos, para que vocês consigam aproveitá-la da melhor maneira possível. Querem saber mais ? Continue com a gente !

#1 ESCOLHA O DESTINO

Resultado de imagem para escolhendo o local da viagem

O ponta-pé inicial de todo planejamento é saber para onde será sua viagem. A escolha do destino é fundamental para definir toda logística, além de ter um papel importantíssimo para uma viagem inesquecível. Nossa dica é sempre focar em destinos que despertem sua curiosidade e que tem um perfil semelhante ao seu, ou seja, busque sempre um lugar que você sabe que a chance de você gostar seja grande, afinal não adianta nada, por exemplo, você não gostar de trilha e se planejar para “Chapada dos Veadeiros”, ou não suportar acampar e terminar em “Aventureiro  – Ilha Grande”; saber o que você gosta e estar disposto a fazer, são fatores fundamentais para uma boa viagem.

#2 DEFINA A MELHOR ÉPOCA PARA IR 

zpohn

Com o local escolhido pesquise bem qual é o melhor período para estar lá. Queremos que a viagem seja perfeita sempre, mas se formos em uma época de nevasca, chuvas, furações ou sabe-se lá mais o que é possível, pode acabar com qualquer planejamento positivo. Então leia bastante, explore as possibilidades e tente ir em um período que seja o que você espera encontrar (sol, neve, outono, primavera, etc., o que você quer ver?), e que te faça aproveitar bem a viagem, de modo que você esteja no local certo e na hora certa! Por exemplo, em nossa viagem para o Peru, optamos em ir em Junho, que apesar de ser inverno é época de seca, portanto, sabíamos que a chance de ter chuva e estragar nossos passeios seriam quase zero.

#3 ORGANIZE O ROTEIRO

Resultado de imagem para roteiro de viagem

Com o destino definido e com o período também, essa é a parte que você começa a pesquisar ainda mais e colocar no papel os passos das sua viagem, onde você começa a desenha-la. Você vai buscar os pontos turísticos, ou mesmo atrações não tão conhecidas, mas que você se interessou e colocar em ordem para conhecer uma a uma. O bom do roteiro é que mesmo que você não o siga a risca, te da uma boa base para saber todas as possibilidades daquele lugar e você consegue planejar também os lugares que são possíveis de conhecer no mesmo dia e que são próximos, otimizando o tempo da sua viagem.

Para fazer um bom roteiro, leia bastante, visite blogs, sites, peça dica para os amigos que já conhecem esse lugar e junte todas as informações possíveis no papel. É sempre importante também verificar os melhores dias para conhecer os lugares do roteiro, às vezes final de semana não abre tal coisa, ou durante a semana é mais vazio e vale mais a pena. Preste sempre atenção também nos horários de funcionamento para não chegar e encontrar o lugar fechado. Além disso, é nessa hora que você também vai ver preços e saber se é necessário comprar tal ingresso com antecedência.

#4 VERIFIQUE COMO CHEGAR

Resultado de imagem para bilhete passagens aereas

Com data da viagem marcada, não perca tempo e vá correndo comprar as passagens. Quanto antes você comprar, mais em conta serão os preços e mais chances você tem de conseguir promoções.

Se o destino que você quer também super funciona nas baixas temporadas, sorte a sua. Opte por ele que as passagens com certeza também estarão melhores. Para quem tem destino nacional escolhido uma dica é comprar passagens quartas e quintas. E claro, compare os preços. Existem diversos mecanismos de buscas: diretamente no site das empresas, em sites que comparam preços, como Skyscanner, Voopter, Mundi, Kayak e Orbitz, e em agências de viagem virtuais, como Decolar, Submarino ou CVC Online.

#5 ESCOLHA A HOSPEDAGEM

Resultado de imagem para hotel escolhendo

O hotel você pode deixar para comprar um pouco mais próximo da viagem, pois o preços não variam tanto quanto da passagem, mas não deixe para comprar em cima da hora pois as disponibilidades voam. Reserve sua hospedagem com uns 3 meses de antecedência pelo menos e se possível.

Quando estamos indo para conhecer o local, buscamos sempre hospedagens próximas do centro, afinal é lá que tudo de turístico acontece e te ajuda a economizar com transporte, pois geralmente no centro é possível fazer tudo a pé.

Nós sempre reservarmos nossas hospedagens pelo Booking.com devido a praticidade e variedade de hotéis. Lá você encontra de tudo e para todos os bolsos e não precisa pagar na hora, o que apesar de ser uma vantagem, também já foi desvantagem pra gente em nossa viagem para Argentina, pois o dólar aumentou muito depois e tivemos que pagar a cotação do dia e não a da época da reserva que era menor, mas vai de cada um. Quem prefere deixar pago, pode ver diretamente com o hotel ou então com o Decolar.com que também permite parcelamento.

#6 VERIFIQUE DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA, VACINA E SEGURO

Travel concept

Agora você já tem destino definido, passagem paga e hospedagem também. Ao montar seu roteiro e estudar bem sobre o lugar que você vai, com certeza, estar sabendo o que é necessário para entrar no país, né? Especialmente tratando de viagem internacional, é fundamental ver se é necessário tomar alguma vacina e caso seja, tomar providência do certificado internacional, assim como preparar a documentação para passaporte e visto — neste caso, se você não tiver nenhum dos dois e for necessário para seu destino, aconselho ver isso antes de iniciar todo planejamento da viagem, afinal, se não conseguir o visto, nada de viagem.

Outra coisa fundamental e que muitos não dão importância, é o seguro de viagem. É o único serviço que a gente paga e torce pra não usar, mas se precisar, vai te salvar uma boa quantia em dinheiro, especialmente nas viagens gringas. Nunca usamos, ainda bem, mas para o Peru fizemos com a Mondial Travel, saiu a um preço bem bacana comparado com outras e com uma cobertura ótima, vale a pena dar uma conferida neles.

#7. TROQUE E SEPARE O DINHEIRO

Resultado de imagem para economize para viagem

Agora é hora de economizar! Se você, como nós, não for nenhum milionário, haha, junte sempre uma reserva pra aproveitar bem a viagem sem passar perrengue. Quando montar seu roteiro, você já vai ter uma boa noção do custo da sua viagem com alimentação, passeios, transportes etc., então vá precavido para arcar com essas despesas.

Em caso de viagem internacional, se você for levar uma quantia considerável de dinheiro, tente usar o Visa Travel Money, aquele cartão de débito que você coloca a quantia exata que está levando e não precisa se preocupar em ficar com dinheiro vivo em mãos. Além disso, dependendo do destino, vale a pena já ir com todo dinheiro trocado daqui ou mesmo uma boa parte – Nós sempre usamos a DG Câmbio para essas transações, por ser a que sempre oferece melhor cotação e acima de $ 300 eles levam em sua residência sem custo, então nem precisamos em nos preocupar de ficar andando com dólar por aí, mas caso você prefira ir até a agência existem diversos pontos de lojas físicas, confira aqui. Além disso, eles também oferecem o Vista Travel Money – Para você que é do Rio, vale muito a pena dar uma olhada no site deles, tem muita opção de moeda estrangeira.

#8. ARRUME AS MALAS

arumar-mala

Voo Internacional

Para os voos internacionais, quem comprou a passagem até o dia 13/03/2017 tem direito a despachar 2 malas de até 32kg sem custo. Porém, foi aprovado no dia 30/12/2016 pela ANAC, o fim da franquia de bagagem, autorizando as companhias aéreas a cobrarem pelo despacho das malas, assim quem comprou passagens a partir do dia 14/03/2017, poderá sofrer essa cobrança, os valores ainda não foram divulgados. Para bagagem de mão, é permitido até 10kg e um segundo volume (bolsa, mochila ou sacola). Importante lembrar que não é permitido objetos cortantes que representem ameaça, bem como líquidos com mais de 100ml.

Voo Nacional

Para os voos nacionais (domésticos) temos direito a despachar 23kg, de modo que possa ser despachado quantos itens quiser, desde que não ultrapasse esse limite. Para bagagem de mão, temos direito a 10kg , onde a dimensão da bagagem deve ser informada pela companhia aérea (vem escrito no seu bilhete). Além da mala de mão, você também pode levar um segundo volume pequeno (bolsa, mochila ou sacola). É importante frisar que não pode embarcar com objetos cortantes e que possam indicar algum tipo de ameaça.


Agora tenho certeza que todos vão conseguir se organizar melhor, juntar aquele dinheirinho e partir para uma viagem inesquecível. 🙂

sem-titulo

Anúncios

2 comentários em “Passo a Passo para planejar uma viagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s