Alagoas: Roteiro de 5 dias entre Maceió e Maragogi

Ei pessoas!! Quem nos acompanhou nas redes sociais, viu que esses últimos dias, antes de partirmos para a terra dos cangurus, estávamos curtindo bastante em terras nordestinas, mais precisamente, Alagoas. Que aliás, ô terrinha boa, hein! E claro, não podíamos deixar de compartilhar nosso roteiro e outras dicas bem legais de lá para vocês! Peguem caneta e papel e vamos lá!

DIA 1 (SÁBADO) – CHEGADA EM MACEIÓ + ORLA DE MACEIÓ

Chegamos em Maceió por volta das 12h e como não podíamos antecipar nosso check in, deixamos as malas no Pajuçara Express Hotel e fomos atrás de um restaurante para almoçar. Escolhemos o Parmegiano, que parece ser bem conhecido por lá, pois vimos pelo menos 4 filias deles e gostamos bastante, pedimos um frango à parmegiana que era bem gostoso e bem servido! Super indicamos! 😉

De lá, resolvemos voltar para o hotel caminhando pela Orla de Pajuçara e aproveitamos para conhecer a famosa feirinha de artesanato que era praticamente em frente ao restaurante e é uma ótima opção para comprar as lembrancinhas de viagem!

Check in feito, trocamos de roupa e fomos curtir um pouco da Praia de Pajuçara que era em frente ao nosso hotel, porém não conseguimos tomar sol por muito tempo, logo começou a esfriar muito e resolvemos caminhar pela orla até Ponta Verde, que em nossa opinião era a parte mais bonita dessa orla. Tinha diversos barzinhos, palmeiras lindas e muita gente praticamente exercício ao ar livre!

DIA 2 (DOMINGO) – SÃO MIGUEL DOS MILAGRES + PRAIA DO PATACHO

No domingo resolvemos agendar o passeio para São Miguel dos Milagres. Acredito que uma das praias mais famosas de conhecer para quem está em Maceió. Compramos o passeio em uma das várias vans de turismo que encontramos na praia. Essas vans, costumam ter um preço bem melhor do que se fechado em hotéis, por exemplo. Pagamos, cada um R$ 45, enquanto que no nosso hotel, estava R$ 60, então valeu muito a pena. O passeio dura o dia todo: saímos às 7h do nosso hotel e retornamos de lá às 15h, considerando que da Praia de São Miguel até a Orla de Maceió são 2 horas, chegamos de volto, em torno de 17h.

Nesse mesmo dia aproveitamos a praia e fizemos o passeio de buggy até a Praia do Patacho e ao Mirante de São Miguel dos Milagres (duração aproximada: 2 horas). Infelizmente, por causa da chuva, não pudemos ir na praia da Laje, pois estava com bastante lama impedindo o acesso. Esse segundo passeio custou R$ 50 para cada e fomos em um buggy privativo. Porém, vale ressaltar que choramos esse preço, eles queriam nos cobrar $120 tudo. Depois, vou fazer um post separadamente contando sobre esse nosso passeio por lá! 🙂

DIA 3 (SEGUNDA) – PRAIA DO FRANCÊS, BARRA DE SÃO MIGUEL E PRAIA DO GUNGA

Para nosso terceiro dia de viagem, compramos novamente o passeio com a mesma van do dia anterior e fechamos as três praias num tour de van: Francês, Barra de São Miguel e Praia do Gunga. O passeio começou às 8h de nosso hotel e estava previsto voltar às 15h, porém como alguns passageiros atrasaram para entrar na van, o motorista foi muito legal e nos deu mais 30 minutos para aproveitarmos um pouquinho mais.

Esse passeio tem como objetivo a Praia do Gunga, sendo as duas primeiras apenas paradas rápidas para conhecermos o lugar e caso gostássemos, voltaríamos depois por conta própria. A partir da praia do Gunga, quem quiser, também tem a opção de fazer o passeio de buggy ou quadriciclo até as falésias. Como nunca tínhamos andado de quadriciclo e o Victor queria muito a experiência, optamos em experimentar. O buggy sairia num valor de R$ 45 por pessoa, porém, para até 4 pessoas, sendo assim, não seria privativo, enquanto que o quadriciclo saiu por R$ 50 por pessoa, sendo apenas nós dois. Também farei um post separadamente, contando toda essa experiência. ;D

DIA 4 (TERÇA) – IDA PARA MARAGOGI + PASSEIO DE BUGGY LITORAL NORTE

Na terça-feira, fomos para Maragogi. Escolhemos dormir por lá pra aproveitar, além das piscinas naturais, algumas praias do litoral norte. De Maceió para Maragogi, fechamos um transfer ainda no RJ com a Transtour Maragogi. De todas as pesquisas que fizemos, essa foi a que apresentou o melhor valor por um carro privativo. Algumas empresas chegaram a me cobrar R$ 520 e fechamos com eles R$ 340 (ida e volta) pago antecipado de uma única vez. O serviço foi muito bom, eles foram extremamente pontuais, por isso recomendamos muito. Podem mantar e-mail para santanatour@hotmail.com; e falar com a Lúcia.

De Maceió para Maragogi são em torno de 2 horas e chegamos em lá às 10h. Os primos do Victor estavam por lá e já tinham contratado um passeio de buggy pela empresa Green Mar Tour, para irmos nas praias do litoral norte no mesmo dia e o buggy passaria em nosso hotel (Pousada Maragolfinho) às 11h.

Os buggueiros foram super legais e gentis com a gente, o passeio como um todo foi muito legal. A única ressalva é que pelo que eu tinha lido era que esse passeio passaria em 7 praias do litoral norte, sendo que chegaríamos até quase a divisa de Pernambuco e isso não aconteceu. Nosso passeio se deu da seguinte forma: Praia Ponta do Mangue (com parada), Praia do Antunes (com parada); Praia do Xereu ou Praia da Bruna (apenas passamos) Barra Grande (fomos até um lugar com umas araras para tirar foto); Bargalhau (só passamos por ela) e por fim, fomos almoçar no restaurante Alto do Cruzeiro que tem um mirante e um vista linda da cidade.

Nosso roteiro ficou bem diferente do que eu tinha pesquisado antes, mas ainda assim, foi divertido e aproveitamos bastante. Contratamos 2 buggys, totalizando, 6 pessoas e ficando R$ 50 para cada. O passeio acabou por volta das 15h.

DIA 5 (QUARTA) – PISCINAS NATURAIS DE MARAGOGI

E por último, finalizamos com o passeio às piscinas naturais de Maragogi, afinal, estando lá é o tipo do passeio que não se deve perder. Fechamos o nosso com a empresa Ponto de Encontro Receptivo, o valor de R$ 65 por pessoa e como éramos em 6 fechamos uma mini lancha privativa para gente e foi a melhor coisa! 🙂 PS: se você tiver num grupo de 6 a 12 pessoas, vale a pena fechar essas lanchas, pois ficam só vocês e o valor não difere do catamarã. Mas, quem enjoar e tiver problemas com barcos, saiba que vai muito rápido mesmo!

A única ressalva é que quando fechamos com eles, acordamos deles nos levarem para as Galés (as principais, as maiores, cartão postal mesmo, sabe?). Porém, no dia do passeio, quando chegamos no local e estávamos conversando com o fotógrafo, ele nos disse que não estávamos na principal e sim em outra menor. Ao que parece a principal, devido ao tempo (muita chuva no período que estávamos) não estava das melhores por isso levaram a gente para outra. A questão é que se você não pergunta, eles não avisam e você sempre acha que está na Galé principal, sendo que existem mais outras duas piscinas naturais menores Taocas e Barra Grande. Acredito que todas sejam bem parecidas e o que deve mudar é o tamanho delas e talvez a variedade de animais marinhos dependendo da época que você a visite.

Ah e para quem quiser, quando se chega lá tem fotógrafos para tirar fotos. Quanto estivemos em Porto de Galinhas, nos arrependemos de não ter tirado, então dessa vez fechamos um pacote para 4 (um dos casais não quis), ficando R$ 30 por pessoa.

sem-tc3adtulo1

Anúncios

2 comentários em “Alagoas: Roteiro de 5 dias entre Maceió e Maragogi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s