Roteiro de Viagem: 4 dias em Melbourne

Além de ser a segunda cidade mais populosa da Austrália (ficando apenas atrás de Sydney), foi eleita pela sétima vez seguida como a melhor cidade para se viver por seu alto índice de desenvolvimento em áreas como saúde, educação, entretenimento, turismo, esporte, e outras. Sabendo disso, não tínhamos como reservar uns dias de Austrália e passar por lá, não é mesmo? Por isso, criamos um roteiro de 4 dias em Melbourne e vamos compartilhar o detalhes nesse post! 🙂

Nosso voo saiu de Sydney para Melbourne e geralmente as empresas mais em conta para voos domésticos na Austrália são a Jetstar e Tigerair. Nós costumamos usar o Skyscanner para fazer a busca das passagens, o que é uma ótima opção para pesquisar e conseguir um preço mais em conta na hora da compra, pois ela lista qual empresa está com menor valor.Outra informação importante é que os voos domésticos por aqui só te permitem 7 kg de bagagem de mão (e eles pesam). Caso você precise despachar a mala ou adicionar peso à bagagem de mão, será cobrado uma taxa para isso. Dito isso, vamos ao roteiro!

Hospedagem:

Dia 1: 06.12.17, Quarta feira — GREAT OCEAN ROAD

20171206_055829552_iOS

Pegamos um voo bem cedinho em Sydney e chegamos por volta das 8h da manhã em Melbourne e assim que desembarcamos no Aeroporto Avalon alugamos nosso carro para fazer imediatamente a Great Ocean Road (o passeio mais aguardado) — PS: Façam sempre uma pré-reserva do aluguel de carro, sem dúvidas, fica mais muito mais em conta do que alugar na hora. Coloco aqui as opções de empresas que alugam carro que esse aeroporto oferece. Nós alugamos pela Europcar, confesso que fomos nessa, pois estava mais cheia, então acreditamos estar num preço melhor que as outras, haha. Mas, ainda assim, ficou mais bem mais caro do que com uma pré-reserva.

Reservarmos esse dia inteiro para essa roadtrip e digo mais, para gente ainda não foi o suficiente. Acabamos deixando de ir em vários pontos paradas que por faltar de tempo, cansaço e até bobeira mesmo, não visitamos. Por isso, se puder ficar mais de um dia, fique! Em resumo conhecemos: Torquay, Anglesea, Cape Patton, Apollo Bay e Twelve Apostles — Farei um post detalhado, na sequência, mostrando um pouco de cada lugar que passamos por lá 🙂

Dia 2: 07.12.17, Quinta-Feira — VISITANDO O CENTRO DE MELBOURNE

20171206_231502238_iOS

Como tínhamos que devolver o carro que alugamos de manhã pelo centro, aproveitamos para destinar essa quinta-feira a uma boa caminhada pelo centro de Melbourne. Tomamos café da manhã no Queen Victoria Market, o que é uma ótima pedida, pois tem diversas opções a preços mais baratos que cafeteria. De lá caminhamos até Hosier Lane, aquela rua famosinha por seus diversos grafites, ótima parada para umas fotos mais descoladas. De lá, super pertinho, já localizamos a Federation Square e Flinders Station, onde a primeira é basicamente o ponto de encontro da cidade e reúne diversas variedades culturais e a segunda a estação principal da cidade. Seguinte em frente, logo chegamos às margens do Rio Yarra que banha a cidade. Atravessando ele, começamos uma linda caminhada por seus parques, dentre eles, o principal, Botanic Garden e chegamos também no Santuário da Lembrança, um dos maiores memoriais de guerra da Austrália. De lá, fomos retornando para o centro e demos um pulo na Eureka Tower, que é um edifício residencial com uma vista panorâmica da cidade. Terminamos o dia em South Bank, que é uma ótima ideia de lugar para quem procura restaurantes, barzinhos, pubs e costuma ficar movimentado no final do dia para noite!

Dia 3: 08.12.17, Sexta-feira — AS PRAIAS: BRIGHTON & ST KILDA

20171208_010134756_iOS

Sexta-feira foi dia de praia! Acordamos cedo e decidimos ir de trem até Brighton Beach, afinal, as Bathing Boxes são cartão postal da cidade e não tem como não ir lá conhecer um pouquinho delas. Aproveitamos a deixa para almoçar por lá e em seguida, fomos para St Kilda. Esta praia é conhecida por seu sunset, infelizmente, não conseguimos aguardar até esse momento (no verão Melbourne anoitece muito tarde, mais de 20h), mas foi um lugar que amamos conhecer e ótima dica pra caminhar. Atrás de seu píer conseguimos até ver pinguins (é comum aparecer lá em determinas épocas).

Dia 4: 09.12.17, Sábado — DOCKLANDS E VOLTA PRA CASA

20171209_041819336_iOS

O bom de comprar a passagem de volta pra casa tarde, é que ainda ganhamos bastante horas para visitar mais alguma coisa. E foi o que fizemos pela manhã, fomos até Docklands, a região até então, mais nova de Melbourne e veio como um projeto de renovação urbana visando ampliar a CDB, com diversos restaurantes e também uma icônica roda gigante!


VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR:

CONHECENDO AS PRAIAS DE GOLD COAST!
TOP 9: MUST GO EM BRISBANE
UM DIA EM BYRON BAY, A CIDADE MAIS HIPPIE DA AUSTRÁLIA
Sydney: Como foi vivenciar um dos Reveillóns mais bonitos do mundo

sem-tc3adtulo1

 

 

Anúncios

3 comentários em “Roteiro de Viagem: 4 dias em Melbourne

  1. Bom dia , estou planejando ir com amigos pra Melbourne em Abril , adorei o roteiro de vcss. Qual aeroporto vcs chegaram ? Avalon ou Tullaramine ?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s